-->
Home | Oil & Gas | Ministério de Minas e Energia cria comitê de crise devido ao coronavírus
Postado em 19 de março de 2020 | 18:28

Ministério de Minas e Energia cria comitê de crise devido ao coronavírus

O Ministério de Minas e Energia decidiu criar um Comitê Setorial de Crise para articular e coordenar medidas da pasta em meio à pandemia global de coronavírus.

Entre os objetivos do grupo está “a garantia da prestação dos serviços de energia” e a “preservação da cadeia de produção e suprimento” de petróleo e gás, biocombustíveis e bens minerais, segundo publicação no Diário Oficial da União desta quinta-feira.

O ministério também aprovou normas, procedimentos e recomendações para o funcionamento de agências, estatais e órgãos técnicos do setor de energia durante a epidemia, incluindo para o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), responsável por coordenar o acionamento de usinas, e para a Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE).

O comitê de crise será coordenado pela secretária-executiva da pasta, Marisete Pereira, e formado por seus secretários e pela consultoria jurídica, entre outros. Autoridades e especialistas poderão ser convocados para reuniões do grupo.

O Brasil possui até o momento 428 casos confirmados de coronavírus, com 4 mortos, segundo dados do Ministério da Saúde atualizados na noite de quarta-feira.

A epidemia, que tem se alastrado pelo mundo, gera importantes repercussões no setor de energia, ao impactar as perspectivas de demanda por combustíveis e eletricidade devido a medidas dos governos para combater a doença, que incluem restrições a viagens e até ao funcionamento de empresas.

Os preços de referência do petróleo no mercado internacional, Brent e WTI, recuaram aos menores níveis em quase duas décadas, após terem registrado nos últimos dias a maior queda acumulada em um período de 10 dias desde o lançamento dos contratos de referência, nos anos 1980.

No setor elétrico, especialistas têm alertado para uma importante redução nas expectativas de carga de energia, que representa uma soma da demanda com as perdas na rede.

Na área de mineração, a brasileira Vale alertou em 12 de março que pode adotar medias de contingência ou mesmo suspender algumas operações devido ao coronavírus.

Posteriormente, a mineradora informou que vai desacelerar a operação de uma mina no Canadá e que poderá suspender operações em um centro de distribuição na Malásia por possíveis medidas do governo local contra a doença, com impacto sobre as vendas de minério de ferro no primeiro trimestre.

Fonte: Reuters


138 queries in 3,775 seconds