-->
Home | Anote | Air Canada e Air Transat cancelam acordo de fusão iniciado em 2019
Postado em 6 de abril de 2021 | 17:05

Air Canada e Air Transat cancelam acordo de fusão iniciado em 2019

As empresas canadenses Air Canada e Air Transat anunciaram hoje, dia 2 de março, que concordaram mutuamente em rescindir o acordo para a proposta de aquisição da Air Transat pela Air Canada. Air Canada e Air Transat haviam originalmente acordado em junho de 2019 sobre a aquisição, cujos termos foram posteriormente alterados em agosto de 2019.

Depois, foram revisados em outubro de 2020 como resultado do severo impacto econômico da pandemia da COVID-19.

Como divulgado anteriormente, a aquisição estava condicionada à aprovação de várias autoridades regulatórias, incluindo a Comissão Europeia (“CE”). Para atender a essa condição-chave, a Air Canada informa que ofereceu e aprimorou um pacote significativo de adequações, mas que isso ultrapassou tanto os esforços comercialmente razoáveis exigidos da Air Canada sob o Acordo de Arranjo, quanto o que foi aceito pela CE em casos anteriores de fusão aérea.

Após discussões recentes com a CE, a companhia concluiu que se tornou evidente que a CE não aprovará a aquisição com base no pacote de alterações atualmente oferecido.

Assim, após cuidadosa consideração, a Air Canada concluiu que fornecer recursos adicionais e onerosos, que ainda podem não garantir uma aprovação da CE, comprometeria significativamente a capacidade da companhia de competir internacionalmente, impactando negativamente clientes, outras partes interessadas e perspectivas futuras, à medida que se recupera e se reconstrói a partir do impacto da pandemia da COVID-19.

Especialmente neste ambiente desafiador, a companhia considera fundamental se concentrar em criar as condições ideais para sua recuperação completa, preservando e aproveitando todos os seus principais pontos fortes e ativos, incluindo sua forte cultura de funcionários.

Diante de todas essas considerações, tanto a Air Canada quanto a Air Transat concordaram em rescindir o acordo, com a Air Canada pagando à Air Transat uma taxa de rescisão de US$ 12,5 milhões, e com a Air Transat não mais sob qualquer obrigação de pagar à Air Canada qualquer taxa caso a Air Transat esteja envolvida em outra aquisição ou transação semelhante no futuro.

 

 

Fonte: Air Canada

 

 


144 queries in 4,711 seconds