-->
Home | Jornal Multimodal | Sompo cresce 17,6% em seguro de transporte no 1º trimestre de 2024
Postado em 3 de maio de 2024 | 17:06

Sompo cresce 17,6% em seguro de transporte no 1º trimestre de 2024

Companhia registrou R$ 190,8 milhões em Prêmios Emitidos de Seguro de Transporte nos primeiros três meses deste ano. A Sompo, subsidiária no Brasil da empresa responsável pelas operações de seguro e resseguro do Grupo Sompo Holdings fora do Japão, registrou R$ 190,8 milhões em Prêmios Emitidos de Seguro de Transporte no primeiro trimestre de 2024. Isso representa um crescimento de 17,6% em relação aos R$ 162,2 milhões alcançados no mesmo período de 2023.

De acordo com a empresa, o resultado é mais um passo depois dos investimentos que levaram a companhia a ser a primeira seguradora a superar R$ 1 bilhão em Prêmios Emitidos de Seguro de Transporte em 2023, quando alcançou um aumento de 8,7% frente aos R$ 922,3 milhões registrados em 2022.

“No ano passado, a companhia lançou o Fast Track de Sinistro de Transporte de Mercadorias, para agilizar processos e permitir a indenização de sinistros em 11 dias, em média. Outra novidade é que a companhia investiu R$ 5 milhões na recém-lançada nova infraestrutura de sua Central de Monitoramento própria, que fez dobrar a capacidade de prestação dessa categoria de serviço.”, disse a Sompo em comunicado.

Em 2023, a central de monitoramento própria monitorou mais de 205 mil viagens e R$ 114 bilhões de cargas seguradas, com um índice de 52% de recuperação de cargas com medidas de pronta resposta, o que representa milhões de reais em cargas recuperadas. Segundo a empresa, a companhia passou a disponibilizar o Sompo Service Fast, serviço que viabiliza fornecimento de ferramentas tecnológicas de gerenciamento de risco.

De acordo com o diretor de Transporte da Sompo, Adriano Yonamine, atualmente, a carteira de clientes da companhia é composta 50% de embarcadores e 50% de transportadores “Nossa expectativa para 2024, é de repetir o ciclo de crescimento do ano passado”, afirmou o executivo.

 

 

 

Fonte: Mundo Logistica


89 queries in 5,167 seconds