-->
Home | Highlights | Log-In Logística Integrada registra Receita de R$ 619,4 milhões no 1T24
Postado em 13 de maio de 2024 | 17:00

Log-In Logística Integrada registra Receita de R$ 619,4 milhões no 1T24

De acordo com o resultados divulgados pela companhia, o EBITDA Ajustado foi de R$ 143,3 milhões, queda de 13,6% comparado com o mesmo período de 2023.

A Log-In Logística Integrada registrou Receita Operacional Líquida de R$ 619,4 milhões nos três primeiros meses de 2024, o que representa uma alta de 10,7% se comparada ao mesmo período do ano anterior. Segundo a companhia, o crescimento é resultado das torres de negócios de Navegação, Terminal de Vila Velha (TVV) e Transporte Rodoviário de Cargas

De acordo com o resultados divulgados pela companhia, o EBITDA Ajustado foi de R$ 143,3 milhões, queda de 13,6% comparado ao primeiro trimestre de 2023. No consolidado, a companhia registrou R$ 8,3 milhões, prejuízo de 78,4% em relação aos R$ 38,4 do mesmo período do ano passado.

No relatório de apresentação, companhia afirmou que o resultado Financeiro do 1T24 variou negativamente em R$ 30,4 milhões quando comparado ao 1T23. As despesas financeiras foram parcialmente compensadas pelas receitas financeiras para o referido período.  Por um lado, as receitas financeiras foram maiores em cerca de R$2,5 milhões; e as despesas financeiras aumentaram em R$6,9 milhões, devido aos encargos financeiros das notas comerciais.

“Em relação à variação cambial, o resultado negativo em R$ 25,9 milhões é decorrente, principalmente, do impacto no saldo da dívida de longo prazo junto ao BNDES atrelado ao dólar, se comparado ao período anterior”, declarou a empresa.

NAVEGAÇÃO COSTEIRA

No primeiro trimestre de 2024, a companhia obteve um crescimento de 16,3% na Receita Líquida deste segmento durante o período, com total de R$ 383,2 milhões. De acordo com a empresa, o crescimento está atrelado ao desempenho recorde em termos de volume, acompanhado da melhoria do mix de cargas.

Além disso, o market share na Cabotagem foi o maior dos últimos anos, refletindo o aumento de capacidade e o término do período de seca na Bacia do Rio Amazonas, fortalecendo o posicionamento da Log-In no eixo Norte.

“No período, houve destaque, ainda, para o Feeder, que registrou recorde histórico de receita, com R$95,6 milhões. Além disso, o incremento de dois navios em comparação ao mesmo período de 2023 vem resultando em crescimento de volumes acima da média do mercado e um aumento de transportes na modalidade porta-a-porta”, disse a empresa em comunicado.

TERMINAL PORTUÁRIO DE VILA VELHA (TVV)

Segundo a Log-In, o Terminal Portuário de Vila Velha (TVV) obteve performance recorde no 1T24, tanto em volume de movimentação de contêineres, quanto em Receita Operacional Líquida. No período, o TVV reportou a maior ROL alcançada para um primeiro trimestre, com R$ 89,5 milhões, em linha com o maior volume de contêineres e melhor mix de cargas movimentadas.

Ao todo, foram movimentados 56,3 mil boxes, o que representa o maior volume de movimentação de contêineres para um primeiro trimestre. De acordo com a empresa, entre os fatores que contribuíram para esta evolução estão o aumento da importação de veículos elétricos em contêiner flat rack e a continuidade da forte exportação de café pelo estado do Espírito Santo, além da ampliação na movimentação de vazios e remoções, que são reflexo do crescimento nos volumes de importação e exportação, que criam a necessidade de reposicionamento de boxes de/para Vitória.

TRANSPORTE RODOVIÁRIO DE CARGAS

A Log-In afirmou que, com relação à frente de Transporte Rodoviário de Cargas, o destaque no trimestre é o Projeto de Expansão da Frota e a criação de duas novas unidades para o transporte rodoviário de contêineres, por meio da aquisição de veículos para Tecmar Transporte & Logística e Oliva Pinto. O projeto teve um investimento no valor de R$ 66,2 milhões, com a compra de 82 caminhões e 100 carretas para atender a diversos mercados pelo país, beneficiando a sinergia dentro do grupo Log-In.

Com relação aos resultados financeiros, o Transporte Rodoviário de Cargas da Log-In obteve um crescimento de 5,4% na Receita Operacional Líquida neste primeiro trimestre com um valor total de R$ 132,6 contra os R$ 125,7 milhões em comparação ao mesmo período de 2023. Segundo a companhia, o crescimento foi beneficiado, principalmente, pela aceleração da operação de transporte de contêineres no Projeto Santos e recuperação do preço médio do frete das cargas fracionadas e cargas de lotação ao final do 1T24.

 

 

 

Fonte: Mundo Logistica

 


111 queries in 2,854 seconds