-->
Home | Oil & Gas | Vibra faz novo aporte de R$ 10 milhões na EZVolt
Postado em 27 de setembro de 2023 | 7:16

Vibra faz novo aporte de R$ 10 milhões na EZVolt

De acordo com a startup, investimento contribuirá para estratégias de crescimento e foco em soluções de recarga para frotas de caminhões, veículos de aplicativos e ônibus.

A Vibra anunciou um novo investimento financeiro, de R$ 10 milhões, na EZVolt, startup de eletromobilidade que integra portfólio de projetos em energias renováveis. O novo investimento tem como fonte o “Vibra Ventures”, fundo de investimento da Vibra com foco em startups de energia, mobilidade, logística, fintechs e varejo. São R$ 150 milhões disponíveis para acelerar e impulsionar processos de inovação aberta.

Segundo avaliação da Vibra, a EZVolt tem um perfil de empresa realizadora e impulsionadora, com foco no segmento B2B, consistentes entregas e crescimento enfatizado pelo aumento de 546% no faturamento do primeiro semestre em comparação com o mesmo período de 2022.

A quantidade de usuários na plataforma aumentou em 263% e o número de cidades com carregadores próprios saltou de 17 para 52 no mesmo período. “Por esse motivo, faz sentido para a companhia seguir apostando na startup. Com mais de 600 carregadores contratados, atuação em 13 estados e líder absoluta no mercado de frotas corporativas, a empresa realiza atualmente cerca de 16 mil recargas de baterias por mês”, destacou a Vibra, em nota à imprensa.

“De olho na demanda do mercado e de nossos clientes, as apostas em eletromobilidade e em todas as soluções de renováveis são alavancas de crescimento para o nosso negócio, que está comprometido em oferecer também oportunidades de descarbonização. A transição energética é um caminho sem volta e a Vibra quer ser a protagonista desse movimento no Brasil”, explicou Bernardo Kos Winik, vice-presidente comercial B2B da Vibra.

INVESTIMENTOS

De acordo com o CEO da EZVolt, Gustavo Tannure, o investimento da Vibra contribuirá para as estratégias de crescimento e foco em soluções de recarga para frotas de caminhões, veículos de aplicativos e ônibus. “Conseguimos aprovar junto a VERRA nosso projeto de geração de créditos de carbono no mercado regulado e sei que isso será um grande diferencial no próximo ano para todas as multinacionais que nos contratam e que poderão se beneficiar de mais este ativo”, afirmou.

 

 

 

Fonte: Mundo Logística


106 queries in 3,450 seconds