-->
Home | Oil & Gas | Segundo reator da Usina Nuclear dos Emirados Árabes recebe combustível e está perto de entrar em operação
Postado em 17 de março de 2021 | 17:54

Segundo reator da Usina Nuclear dos Emirados Árabes recebe combustível e está perto de entrar em operação

O processo de carregamento de 241 conjuntos de combustível no núcleo da unidade 2 da usina nuclear de Barakah, nos Emirados Árabes Unidos, já começou.  A informação vem da operadora Nawah Energy Company. A mudança foi autoriza depois  da emissão da licença de operação  pela Autoridade Federal para Regulamentação Nuclear  de operação para a segunda das quatro unidades APR1400 projetadas pela Coréia do Sul. A Nawah é a subsidiária operacional da Emirates Nuclear Energy Corporation (ENEC) e é parcialmente controlada pela Korea Electric Power Corporation (Kepco). Em comunicado, a Nawad disse que

“A diversificada equipe de especialistas em Barakah está seguindo diretrizes rígidas de segurança e as melhores práticas internacionais no carregamento de combustível no reator da unidade 2.  O mesmo processo foi concluído com sucesso na unidade 1 no início de 2020, marcando um ano de operações seguras e geração de eletricidade limpa na planta de Barakah.”

Assim que os conjuntos de combustível forem carregados, a Nawah executará uma série de testes, antes de começar o processo de sequência de inicialização conhecido como teste de ascensão de potência, onde os operadores irão aumentar gradualmente os níveis de geração de energia. A unidade será então sincronizada com a rede e os primeiros megawatts de eletricidade serão despachados. Após a conclusão bem-sucedida desses testes, a unidade 2 entrará em operação comercial.

A ENEC solicitou as licenças de operação para as unidades 1 e 2 de Barakah.  A decisão de aprovar a licença da unidade 2 seguiu a revisão sistemática do regulador do pedido de licença de 14.000 páginas, mais de 220 inspeções e pedidos de cerca de 59 itens adicionais de informações para garantir a conformidade total da planta com todos os requisitos regulamentares. A licença tem duração estimada de 60 anos. Esta unidade está agora na fase final da fase de testes.

Em um acordo de US$ 20 bilhões anunciado em dezembro de 2009, a ENEC selecionou um consórcio liderado pela Kepco para construir quatro reatores APR-1400 em Barakah, que fica na região de Al Dhafra de Abu Dhabi.  Quando todas as quatro unidades estiverem operando, a usina atenderá até 25% das necessidades de eletricidade dos Emirados Árabes Unidos e ajudará a evitar cerca de 20 milhões de toneladas de emissões de CO2 a cada ano que, de outra forma, seriam produzidas a partir de combustíveis fósseis.

 

 

 

Fonte: Petro Notícias


139 queries in 8,611 seconds