-->
Home | Oil & Gas | Frente da Agropecuária critica mudanças em tarifa de importação do etanol
Postado em 2 de setembro de 2020 | 17:29

Frente da Agropecuária critica mudanças em tarifa de importação do etanol

A Frente Parlamentar da Agropecuária divulgou uma nota nesta segunda-feira (31) criticando a possível mudança nas tarifas de importação de etanol pelos Estados Unidos, sem qualquer contrapartida ao Brasil.

Segundo o colegiado, o governo americano já tem isenção tarifária para comprar até 750 milhões de litros/ano. Acima desse volume, a tarifa é de 20%. “Zerar a alíquota prejudica os interesses nacionais do Brasil”, afirma a nota.

Os parlamentares lembram que a agricultura norte-americana sempre gozou de subsídios elevados, majorados ainda mais por ocasião da pandemia de Covid-19.

“Temos apreço pela relação com os EUA, país com o qual compartilhamos valores e ideais, mas os interesses norte-americanos não podem se sobrepor ao dos brasileiros. Caso não haja contrapartida equivalente dos EUA, manifestamos nosso pedido à presidência da República para que as cotas não sejam renovadas e que a Tarifa Externa Comum de 20%, vigente desde 1995 como resultado do acordo Mercosul, seja aplicada”, encerra a nota.

Associação suprapartidária

Frente parlamentar é uma associação de deputados de vários partidos para debater um assunto determinado. Para ser criada, a frente deve registrar um requerimento com o apoio de pelo menos 1/3 de membros do Poder Legislativo.

 

Fonte:  Câmara Notícias

147 queries in 3,463 seconds