-->
Home | Oil & Gas | Estados Unidos projetam vagão especial para transportar em segurança combustível nuclear usado
Postado em 18 de fevereiro de 2021 | 18:19

Estados Unidos projetam vagão especial para transportar em segurança combustível nuclear usado

O Departamento de Energia dos Estados Unidos (DOE) recebeu aprovação da Association of American Railroads (AAR) para começar a construir e testar o vagão especializado Fortis para o transporte de combustível nuclear usado.

O Fortis é um dos dois vagões em desenvolvimento pelo DOE e pode estar operacional nos próximos cinco anos. Ele contará com oito eixos e plataforma plana que será capaz de transportar grandes contêineres de combustível nuclear usado e lixo radioativo de alto nível, com sensores de alta tecnologia e sistemas de monitoramento que reportarão 11 recursos de desempenho diferentes aos operadores em tempo real.

 

O projeto do vagão foi concluído no início deste ano, com suporte técnico do Pacific Northwest National Laboratory. Mas não se trata de um projeto inédito. O transporte de combustíveis usados por via ferroviária, já é uma realidade na França.

O DOE pode agora começar a fabricar e testar o protótipo em conformidade com os padrões da indústria ferroviária para vagões que transportam combustível nuclear usado e lixo radioativo de alto nível. O vagão de 12 eixos  está sendo projetado para transportar contêineres maiores de material radioativo de alto nível.  O Atlas está atualmente passando por testes de protótipo de um único carro em Pueblo, no Colorado.

Juntos, o Atlas e o Fortis fornecerão mais flexibilidade ao transportar combustível usado e resíduos radioativos de alto nível para instalações de descarte e armazenamento, disse o DOE. A AAR é responsável por definir os padrões de segurança e operação em toda a rede ferroviária de carga  dos Estados Unido. Espera-se que ambos os vagões sejam aprovados para operação em meados da década de 2020.

 

 

Fonte: Petro Notícias


143 queries in 3,619 seconds