-->
Home | Oil & Gas | Estados Unidos escolhem novas áreas no Golfo do México para desenvolver Parques Eólicos Offshore
Postado em 3 de novembro de 2022 | 17:49

Estados Unidos escolhem novas áreas no Golfo do México para desenvolver Parques Eólicos Offshore

O Bureau of Ocean Energy Management (BOEM), órgão dos EUA responsável por gerenciar o desenvolvimento da energia e dos recursos minerais da Plataforma Continental Externa do país, designou duas Áreas de Energia Eólica no Golfo do México, com potencial para produzir energia eólica limpa suficiente para abastecer quase 3 milhões de residências.

A primeira área está localizada a aproximadamente 24 milhas náuticas da costa de Galveston, no Texas. A área totaliza 508.265 acres e tem potencial para abastecer 2,1 milhões de residências. A segunda região está localizada a aproximadamente 56 milhas náuticas da costa de Lake Charles, em Los Angeles. A área totaliza 174.275 acres e tem potencial para abastecer mais de 740.000 casas.

Este último movimento faz parte da meta do governo de Joe Biden para implantar 30 gigawatts de capacidade de energia eólica offshore até 2030. O BOEM disse que essa indústria em crescimento forneceria aos americanos energia mais limpa e barata, criaria milhares de empregos bem remunerados e investiria bilhões em novas cadeias de fornecimento de energia, fabricação, construção naval e serviços americanos.

Essas duas áreas de energia eólica representam um progresso empolgante para ter a primeira venda de arrendamento de energia eólica offshore no Golfo do México, onde há uma base industrial madura e o know-how para avançar no desenvolvimento de energia. A região pode desempenhar um papel central na transição de energia limpa de nossa nação para apoiar empregos bem remunerados e combater as mudanças climáticas”, declarou a BOEM.

 

 

Fonte: Petro Notícias


103 queries in 4,709 seconds