-->
Home | Oil & Gas | Espírito Santo selecionará em outubro gestor para os R$ 240 milhões de recursos do petróleo
Postado em 28 de setembro de 2021 | 21:12

Espírito Santo selecionará em outubro gestor para os R$ 240 milhões de recursos do petróleo

O Estado do Espírito Santo vai concluir em outubro a seleção da empresa responsável por gerir o fundo soberano de receitas recebidas de atividades de exploração e produção de petróleo e gás, afirmou o governador Renato Casagrande (PSB) na manhã desta sexta-feira (24).
Ao todo, seis companhias estão na fase final da disputa para assumir a gestão os recursos, estimados em R$ 240 milhões. O valor faz parte dos R$ 600 milhões do fundo soberano, do qual parte vai permanecer no Banco do Estado do Espírito Santo (Banestes) e outra parte vai ser gerido por uma companhia independente.

De acordo com Casagrande, até o final do ano que vem o Espírito Santo vai somar R$ 1 bilhão em receitas recebidas do petróleo.
“São receitas finitas, que estamos preservando agora para que a população capixaba possa usar no futuro. É uma visão de longo prazo na gestão pública”, afirmou Casagrande durante evento na manhã desta sexta-feira (24) para assinatura do acordo de desestatização da empresa estatal de distribuição de gás capixaba, a ES Gás.

Hoje, a ES Gás é operada pelo Estado do Espírito Santo, com 51% do capital da companhia, em parceria com a Vibra Energia (antiga BR Distribuidora), com os 49% restantes. A privatização da estatal prevê a venda de pelo menos 51% das ações da empresa na B3.
Agora, a partir da assinatura do acordo entre a Vibra e o governo capixaba, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) vai trabalhar nos estudos para a operação.

 

 

Fonte: Valor


140 queries in 3,541 seconds