-->
Home | Oil & Gas | EDP Renováveis viabiliza projeto solar na Paraíba com contrato no mercado livre
Postado em 14 de janeiro de 2020 | 19:40

EDP Renováveis viabiliza projeto solar na Paraíba com contrato no mercado livre

A elétrica EDP Renováveis, do grupo português EDP, informou que obteve um contrato privado de venda de energia que viabilizará um novo projeto de geração solar no Brasil, a ser instalado na Paraíba.

O empreendimento de energia solar, com 66 megawatts em capacidade, tem início das operações previsto para 2022, afirmou a companhia em comunicado.

O projeto “Lagoa” obteve contrato de 19 anos para venda de sua produção, segundo a EDP, que não forneceu mais detalhes sobre o acordo.

O negócio soma-se a outros semelhantes anunciados anteriormente pela EDP Renováveis para o Brasil, como um complexo solar a ser implementado no Rio Grande do Norte e um parque solar em São Paulo, ambos viabilizados também com contratos privados. [nL2N24909B]

O Brasil tem assistido recentemente a um forte crescimento do número de projetos de energia renovável ancorados na venda da produção futura no chamado mercado livre de eletricidade — em que grandes clientes, como indústrias, podem negociar o suprimento diretamente com geradores e comercializadoras.

“Com esse novo contrato, a EDP reforça sua presença em um mercado com um baixo perfil de risco, por meio do estabelecimento de contratos de longo prazo, de recursos renováveis atrativos e sólidas perspectivas de médio e longo prazo”, disse a EDP Renováveis em comunicado.

A elétrica focada em renováveis tem uma meta estratégica de aumentar sua capacidade global em 7 gigawatts até 2022, dos quais 5,3 gigawatts estão assegurados por projetos já anunciados, incluindo o novo negócio solar no Brasil, acrescentou a empresa.

Além de uma subsidiária local da EDP Renováveis, a EDP controla no país a EDP Energias do Brasil, com negócios em geração, transmissão e distribuição de eletricidade.

Fonte: Reuters


143 queries in 2,652 seconds