-->
Home | Oil & Gas | Descomissionar plataformas terá investimentos de R$5,5 Bilhões
Postado em 27 de julho de 2020 | 19:53

Descomissionar plataformas terá investimentos de R$5,5 Bilhões

A Agência Nacional do Petróleo (ANP) lançou nesta segunda-feira (27) um novo painel dinâmico com informações sobre descomissionamento de instalações no Brasil. Para este ano, a ferramenta apresenta uma estimativa de R$ 5,5 bilhões de investimentos nas atividades de desativação de campos de petróleo e gás no país. A maior parte destes recursos será destinada à Bacia de Santos, totalizando R$ 2,7 bilhões.

Em seguida, aparece a Bacia de Campos, com investimentos previstos em R$ 1,4 bilhão no segmento de descomissionamento. Completam a lista as Bacias de Potiguar, Sergipe e Espírito Santos, que somadas vão receber recursos da ordem de R$ 1,2 bilhão.

Dos R$ 5,5 bilhões previstos pela agência para este ano, a atividade de arrasamento e abandono de poços será a que mais receberá atenção e recursos, totalizando R$ 4,1 bilhões. Já as operações de retirada de equipamentos vão demandar R$ 1 bilhão. Por fim, recuperação de áreas e outras atividades devem exigir R$ 400 milhões.

Atualmente, existem 72 Planos de Descomissionamento de Instalações no Brasil (PDI). Boa parte deles (51) já foi aprovado, enquanto outros 21 estão aguardando análise ou resposta. Até 2024, a ANP prevê que os descomissionamentos vão resultar em investimentos de R$ 25,84 bilhões.

 

 

Fonte: Petro Notícias


135 queries in 3,385 seconds