-->
Home | Oil & Gas | Braskem e Engeflex se unem para produzir um novo produto para colorir a partir de resíduos de plásticos flexíveis
Postado em 18 de setembro de 2023 | 18:05

Braskem e Engeflex se unem para produzir um novo produto para colorir a partir de resíduos de plásticos flexíveis

A Braskem, líder de mercado que se diz comprometida com o fortalecimento e concretização da economia circular, e a Engeflex, empresa líder no mercado brasileiro na produção e desenvolvimento de soluções plásticas, desenvolveram uma linha de masterbatches composta 100% por resina reciclada pós-consumo (PCR) Wenew.

masterbatch é um concentrado de pigmentos ou aditivos que pode ser incorporado a resinas termoplásticas e utilizado para colorir produtos plásticos. O novo masterbatch é produzido com a resina reciclada do portfólio Wenew da Braskem, produzida a partir de resíduos plásticos flexíveis e mais difíceis de serem reciclados. Sua proposta é manter a sustentabilidade de embalagens e artefatos plásticos que já possuem PCR, oferecendo à indústria uma opção de pigmentação mais sustentável.

O produto pode ser utilizado em diversos segmentos como o automotivo, materiais agrícolas, descartáveis, cosméticos, higiene e limpeza, brinquedos, construção civil, moveleira, eletrodomésticos, esportivo, entre outros, como explicou Paulos de Mattos Coelho, líder comercial de Economia Circular da Braskem na América do Sul: “Temos orgulho de participar do desenvolvimento desse novo masterbatch, que amplia as aplicações das resinas recicladas pós-consumo. Essa parceria reforça que a Braskem é uma empresa com soluções circulares de qualidade e que está disponível para auxiliar clientes e brand owners a atingirem seus objetivos de sustentabilidade. Dessa forma, estamos contribuindo para engajar todos os elos da cadeia produtiva rumo à economia circular”.

No comunicado, a Braskem diz que a parceria com a Engeflex reforça o comprometimento da companhia com a eliminação dos resíduos plásticos. A companhia vai ampliar seu portfólio de produtos, incluindo, até 2025, 300 mil toneladas de produtos com conteúdo reciclado; e, até 2030, 1 milhão de toneladas desses produtos. Ainda para 2030, trabalhará para evitar a destinação de 1,5 milhão de toneladas de resíduos plásticos para incineração, aterros ou seu descarte no meio ambiente.

A circularidade do plástico tem se tornado pauta recorrente em todas as indústrias. Estar nessa importante parceria com a Braskem e oferecer aos nossos clientes uma opção mais sustentável em masterbatches é fazer uma contribuição fundamental para a transição de um sistema linear para o circular”,  disse o diretor da Engeflex do Brasil, Thiago Ostorero.

 

 

 

Fonte: Petro Notícias


104 queries in 3,131 seconds