-->
Home | Jornal Multimodal | Tunísia: azeite e pescados elevam exportação de alimentos
Postado em 26 de março de 2024 | 17:06

Tunísia: azeite e pescados elevam exportação de alimentos

As exportações de azeite e de pescados estão entre as maiores do setor de alimentos da Tunísia em fevereiro e foram alguns dos motivos, junto da queda nas importações, que levaram o setor a alcançar superávit comercial no período. Dados do Observatório Nacional da Agricultura (Onagri, na sigla em francês) divulgados Tunis Afrique Presse (TAP) mostram que o superávit do setor em fevereiro foi de 871,3 milhões de dinares (o equivalente a US$ 281,3 milhões). No mesmo mês do ano passado, fora de 1,1 milhão de dinares, ou US$ 355,4 mil (na imagem acima, mulher colhe azeitonas em Ariana, cidade próxima à capital tunisiana, Túnis).

No total, as exportações de alimentos somaram 2,057 bilhões de dinares tunisianos (US$ 664,3 milhões), em alta de 59,5% sobre fevereiro do ano passado. O produto com maior expansão nos embarques na comparação ano a ano foi o azeite, com crescimento de 99,5% em valor, para 1,324 bilhão de dinares tunisianos (US$ 427,5 milhões). Em volume, foram exportadas 48,3 mil toneladas, em alta de 10,8%. O preço médio do azeite exportado alcançou 27,4 dinares por quilo (US$ 8,8), em alta de 80% sobre fevereiro de 2023.

Pescados também registraram expansão: de 62,9% em valores, para um total de 125,5 milhões de dinares (US$ 40,5 milhões), e de 12,5% em volume, para um total de 5 mil toneladas. Os principais produtos alimentícios exportados pela Tunísia são azeite de oliva, tâmaras e pescados.

No sentido contrário, foram importados o equivalente a 1,186 bilhão de dinares (US$ 383 milhões) em fevereiro, uma redução de 8% na comparação com o mesmo período do ano passado. As quedas mais significativas nas importações foram registradas entre os grãos (-7,7%), óleos vegetais (-7%) e açúcares, em retração de 52,1%, sempre em valores. Como resultado de exportações em alta e importações em queda, e menores do que as exportações, o superávit do setor ultrapassou os 870 milhões de dinares.

Fonte: Agência Anba

100 queries in 3,663 seconds