-->
Home | Jornal Multimodal | Síria divulga produtos que tem para exportar
Postado em 2 de março de 2021 | 20:14

Síria divulga produtos que tem para exportar

O consulado geral da Síria em São Paulo colocou à disposição de importadores uma listagem com cerca de 50 tipos de produtos que o país tem disponível para o mercado internacional em 2021.

O consulado geral da Síria em São Paulo divulgou uma lista com cerca de 50 tipos de produtos que o país árabe tem para exportar neste ano. O objetivo é encontrar compradores internacionais. A listagem inclui vegetais, frutas, temperos, especiarias, alimentos processados, têxteis, químicos e outros.

Entre as frutas e vegetais que o país árabe tem disponível para o mercado internacional estão tomates, batatas, cebolas desidratadas, cenouras, melancias, melões amarelos, pepinos, berinjelas, couve-flor, morangos, maçãs, uvas, azeitonas, pêssegos, figos, ameixas e outros. As especiarias são cominho, coentro, anis e cominho preto.

Entre os alimentos processados que o país quer exportar estão azeite de oliva, doces árabes, comidas enlatadas, pasta de tahine, picles, nozes, iogurtes e queijos. No setor de têxteis, os sírios querem vender ao mercado internacional vestimentas, tecidos, cortinas e fios. Na listagem também estão outras mercadorias e itens como plásticos, caixas de papel e sacolas, sabonetes, detergentes, óleos aromáticos, cosméticos e sapatos.

O consulado geral da Síria em São Paulo tem a informação sobre a quantidade e o período do ano em que cada produto está disponível para a exportação. No caso dos alimentos, é preciso verificar ainda se há acordo de certificação sanitária entre Brasil e Síria na área de interesse para realizar a importação.

Apesar dos fortes laços imigratórios, o Brasil e a Síria não têm um comércio de grandes volumes. Os sírios exportaram ao mercado brasileiro US$ 500 mil em 2020, a maior parte em anis, especiarias e cominho. O Brasil exportou à Síria US$ 52 milhões em produtos, principalmente em café, açúcar e milho.

A agricultura e a indústria respondem por cerca de 20% cada uma na economia da Síria, e o setor de serviços por 60%, de acordo com dados de organismos internacionais. Entre os itens de maior produção no campo estão trigo, cevada, leite, azeitonas, tomates, laranjas, batatas, limões e limas. Na indústria a maior produção é de petróleo, têxteis, alimentos processados, bebidas, tabaco, rochas, cimento, sementes trituradas e montagem de automóveis.

 

 

 

Fonte: ANBA


141 queries in 3,463 seconds