-->
Home | Jornal Multimodal | Rumo inicia expansão de terminal ferroviário em MT
Postado em 6 de dezembro de 2018 | 18:21

Rumo inicia expansão de terminal ferroviário em MT

A operadora ferroviária Rumo (Grupo Cosan) deu início à nova etapa de expansão do seu Terminal Ferroviário de Rondonópolis (TRO), em Mato Grosso. O investimento, de R$ 200 milhões, permitirá aumentar a capacidade de movimentação em mais de 6 milhões de toneladas de grãos por ano, cargas que terão, como destinos principais, terminais graneleiros do Porto de Santos, informou a empresa em nota divulgada nesta quarta-feira (5).

O projeto será dividido em duas etapas e contemplará a construção de três silos metálicos, quatro moegas, uma tulha ferroviária para três vagões, melhorias no pátio de entrada e saída com balanças rodoviárias, novas esteiras transportadoras, pavimentação e drenagem. Também estão previstas obras de adequações do sistema elétrico, de combate a incêndios, ar comprimido, instalações de apoio e subestações.

“É uma obra planejada e que dá continuidade aos investimentos da companhia no terminal. Toda a cadeia logística será beneficiada, potencializando os processos de expedição, armazenagem e segurança de operação”, afirmou, no comunicado, o diretor de Portos e Terminais da Rumo, Fabricio Degani.

O terminal da Rumo em Rondonópolis liga as regiões produtoras do Centro-Oeste ao Porto de Santos, operando com 11 moegas (equipamento em formato de pirâmede invertida usado na descarga de material à granel) que permitem descarregar mais de 80 caminhões por hora. A estrutura conta também com um armazém com capacidade estática para 45 mil toneladas e duas linhas ferroviárias com cinco tulhas. Em média, sete composições com 80 vagões de grãos são carregadas todos os dias, de acordo com a empresa.

A Rumo é a maior operadora de ferrovias do Brasil, contando com uma frota de mil locomotivas e 25 mil vagões. Opera 12 terminais de transbordo, seis portuários e administra mais de 12 mil quilômetros de trilhos nos estados do Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, São Paulo, Mato Grosso do Sul e Mato Grosso.

Fonte: Estadão Conteúdo

Deixe um comentário:

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*


141 queries in 2,824 seconds