-->
Home | Jornal Multimodal | Prejuízo líquido da LATAM desacelera, mas atinge R$ 4,8 bilhões no 2º trimestre
Postado em 19 de agosto de 2020 | 17:07

Prejuízo líquido da LATAM desacelera, mas atinge R$ 4,8 bilhões no 2º trimestre

A LATAM Airlines divulgou hoje ao mercado financeiro seus dados operacionais referentes ao 2º trimestre deste ano de 2020 (2T20), encerrado em 30 de junho, reportando um prejuízo líquido de US$ 890 milhões, ou cerca de R$ 4,8 bilhões utilizando-se uma cotação de R$ 5,40 para a conversão na moeda brasileira.

Os números do grupo chileno de aviação, que se encontra em recuperação judicial sob o Chapter 11 nos Estados Unidos, mostram que a receita com o transporte de passageiros dos três meses, de abril a junho, foi de US$ 122,9 milhões, enquanto no mesmo período de 2019 o valor havia sido de US$ 2,0 bilhões, uma redução de 93,9%.

Com a forte queda no segmento de passageiros, a receita do transporte de cargas representou a maior entrada do grupo, passando dos US$ 269,2 milhões no 2T19 para US$ 318,7 milhões neste 2T20, aumento de 18,4%.

Somando-se os dois resultados acima com outras fontes de receita, a receita operacional total caiu 75,9%, dos US$ 2,36 bilhões no 2T19 para US$ 571,8 milhões no 2T20, enquanto a despesa operacional total caiu apenas 45,6%, passando de -US$ 2,33 bilhões para -US$ 1,27 bilhão.

Dados LATAM 2º trimestre 2020 2T20
Dados do 2º trimestre de 2020 – Fonte: LATAM Airlines

Com o resultado do 2º trimestre apurado, somado ao prejuízo líquido de US$ 2,1 bilhões reportado no 1º trimestre, os dados da LATAM apontam que o consolidado de todos os seis meses do primeiro semestre, de janeiro a junho de 2020, totalizou um prejuízo líquido de US$ 3,0 bilhões, ou R$ 16,2 bilhões na cotação de R$ 5,40 por dólar.

LATAM Tabela Resultados 1º semestre 2020
Dados do 1º semestre de 2020 – Fonte: LATAM Airlines

Dados de Frota

Os dados de frota apontam que ao final do 2T20, em 30 de junho de 2020, a LATAM possuía 318 aeronaves, sendo elas 311 operacionais e 7 em subleasing, conforme listagem a seguir:

Frota Operacional:

  • 46 A319-100
  • 132 A320
  • 13 A320neo
  • 38 A321
  • 10 A350-900
  • 29 B767-300
  • 10 B777-300ER
  • 10 B787-8
  • 12 B787-9
  • 1 B767-300F

Frota Sublease:

  • 5 A320
  • 1 A350-900
  • 1 B767-300F

Importante ressaltar que, além da maior parte dessa frota ter ficado inativa durante o 2T20 por conta da baixa demanda da crise, a LATAM irá se desfazer em breve de boa parte dessas mais de 300 aeronaves, em função de seu processo de Recuperação Judicial.

 

 

Fonte: LATAM


148 queries in 3,385 seconds