-->
Home | Jornal Multimodal | Parlamentares homenageiam 20 anos da carreira de Analista de Comércio Exterior
Postado em 16 de abril de 2018 | 18:16

Parlamentares homenageiam 20 anos da carreira de Analista de Comércio Exterior

Sessão solene realizada na Câmara dos Deputados, hoje, celebrou os 20 anos de criação da carreira de Analista de Comércio Exterior (ACE), cujos servidores desempenham suas atividades principalmente no Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), além de outros órgãos governamentais.

Os ACEs são responsáveis pela elaboração e o acompanhamento de políticas públicas relacionadas à competitividade, indústria, inovação e ao comércio de bens e serviços. Também pela participação do Brasil em negociações internacionais comerciais, pelo apoio aos exportadores brasileiros, além do controle e acompanhamento das operações de comércio exterior.

“Para termos políticas públicas de longo prazo voltadas à maior inserção internacional do Brasil, e em face da crescente complexidade do cenário econômico-comercial mundial, é imprescindível a existência de um quadro de servidores qualificados e dedicados ao tema”, defende o ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, Marcos Jorge.

Em outra frente de atuação, os analistas conduzem investigações para aplicações de medidas de defesa comercial. Além disso, atualmente há ACEs nos corpos técnico e político da Organização Mundial do Comércio (OMC) e em outros organismos internacionais.

“Tenho admiração pela excelência dos quadros e pela atividade desempenhada pelos analistas de comércio exterior. A atuação desses servidores tem destaque muito grande em políticas públicas de inserção do Brasil no comércio internacional”, afirmou o secretário de Comércio Exterior do MDIC, Abrão Neto, na solenidade. “Temos colegas em diversos outros órgãos importantes, contribuindo com uma visão séria e profissional para o exercício de suas funções”, lembrou.

Os ex-ministros Marcos Pereira e Armando Monteiro Neto enviaram mensagens parabenizando os analistas de comércio exterior.

Evolução da carreira

O intercâmbio comercial brasileiro de duas décadas atrás aponta uma realidade muito distinta da atual no que se refere ao comércio exterior. Em 1998, ano de criação da carreira de ACE, o Brasil exportou US$ 51 bilhões e importou US$ 57,7 bilhões, com déficit de US$ 6,6 bilhões para o país. Já em 2017, houve o maior superávit da história – US$ 67 bilhões, resultado de exportações de US$ 217,7 bilhões e importações de US$ 150,7 bilhões.

“Se por um lado a rapidez do processo de globalização criou novas possibilidades de negócios para as empresas brasileiras, por outro, a competição entre produtos brasileiros e estrangeiros no mercado doméstico e em outros mercados foi acirrada. Por isso, a atuação dos Analistas de Comércio Exterior, nas negociações entre governos, se faz tão necessária”, avalia o ministro Marcos Jorge.

A sessão solene em homenagem aos 20 anos da criação da carreira foi um requerimento dos deputados federais Nelson Pellegrino (PT-BA) e Érika Kokay (PT-DF).

Fonte: MDIC

Deixe um comentário:

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*


145 queries in 2,621 seconds