-->
Home | Jornal Multimodal | Municípios cobram do Estado conclusão da SC-442
Postado em 29 de maio de 2019 | 17:39

Municípios cobram do Estado conclusão da SC-442

A conclusão das obras de pavimentação da Rodovia João de Rochi (SC-442), que liga Cocal do Sul a Morro da Fumaça, deve estar entre as demandas da região apresentadas durante o Fórum Parlamentar, que ocorre em Criciúma. Pelo menos é essa a intenção dos prefeitos Ademir Magagnin e Agenor Coral, o Noi, que se mobilizam para a finalização da via considerada essencial para o escoamento da produção e, consequentemente, para a economia local.

Com os trabalhos paralisados há pelo menos dois anos, aproximadamente 2,5 quilômetros da rodovia ainda não receberam asfalto. No ano passado, reuniões foram realizadas a fim de dar celeridade ao caso, mas nenhum avanço ocorreu desde então. “Na verdade, criaram entraves para justificar a paralisação. Nunca teve problema com a estrada de ferro, a maioria dos proprietários já foi desapropriada… Eu acho que esses obstáculos não convencem, a obra não parou por causa disso. Mais é a questão financeira. O governo deveria ter se planejado”, destaca o prefeito de Cocal do Sul.

No aguardo de uma resposta

Recentemente, os dois prefeitos integraram a comitiva da Região Carbonífera que se reuniu com o secretário de Estado da Infraestrutura, Carlos Hassler, para apresentar as demandas locais. Entretanto, de acordo com Coral, não houve uma resposta concreta do governo. “O secretário simplesmente falou que está estudando, que está vendo empresa para os projetos da região. Então está na ‘estaca zero’ ainda. Vamos ver nos próximos dias, mas pretendemos marcar uma reunião para discutir esse assunto em particular com ele”, pontua o gestor de Morro da Fumaça.

Coral também ressalta que não há impasses com a ferrovia quanto à necessidade de construção de um viaduto no trecho em que está a linha férrea e que depende apenas do Estado ter condições de arcar com os custos da finalização.

Fonte: DN Sul


135 queries in 3,198 seconds