-->
Home | Jornal Multimodal | Monitoramento das operações deve agilizar movimentação de mercadorias
Postado em 13 de setembro de 2017 | 18:15

Monitoramento das operações deve agilizar movimentação de mercadorias

O próximo desafio para aumentar a eficiência e a segurança nas movimentações de cargas é o monitoramento dos caminhões desde sua origem até a chegada ao Porto de Santos. É o que afirmou o Diretor de Operações Logísticas da Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp) , Carlos Henrique de Oliveira Poço, nesta terça-feira (12).

Durante o terceiro painel da 15ª edição do Santos Export – Fórum Internacional para Expansão do Porto de Santos, que debateu as novas tecnologias nas operações do Porto, o executivo destacou a eficiência do atual modelo de agendamento de caminhões no complexo e disse que há a possibilidade de rastrear a mercadoria desde o início do trajeto do caminhão até o navio. “A implantação completa desse sistema pode resolver em até 100% os gargalos que se referem aos caminhões”.

O executivo também anunciou que o objetivo de trazer essa tecnologia também para os trens, além de contemplar os granéis sólidos e líquidos.

Para o doutor em Engenharia Elétrica pela USP, Cledson Akio Sakurai, que também participou do painel, o País ainda demanda de uma estrutura para implementar tal sistema, pois é necessário uma adequação a todas as rodovias e contêineres que participam do processo. Ainda de acordo com o professor a alta verba que tal iniciativa demanda é outro obstáculo, haja visto que o montante depende da iniciativa pública e privada.

Drones até o final do ano

Carlos Henrique de Oliveira Poço também afirmou durante o painel o plano de implementar drones para monitoramento e a fiscalização das operações em navios até o fim deste ano. De acordo com o executivo, eles ajudariam a ver o lado da embarcação, da qual os fiscais não tem acesso, o que, além de aumentar a eficiência na fiscalização melhoraria também a segurança.

Fonte: A Tribuna

Deixe um comentário:

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*


131 queries in 3,104 seconds