-->
Home | Jornal Multimodal | Indústria elétrica e eletrônica: balança comercial tem déficit de US$ 6,4 bilhões no 1º trimestre
Postado em 21 de abril de 2019 | 16:13

Indústria elétrica e eletrônica: balança comercial tem déficit de US$ 6,4 bilhões no 1º trimestre

No acumulado de janeiro a março de 2019, as exportações de produtos elétricos e eletrônicos atingiram US$ 1,27 bilhão, 8,0% abaixo das apontadas em igual período do ano passado (US$ 1,38 bilhão).

As exportações de componentes elétricos e eletrônicos recuaram 10,9%, totalizando US$ 585,7 milhões. Destacaram-se as reduções de eletrônica embarcada (-30%) e motocompressores herméticos (-24%).

Por outro lado, as vendas externas de componentes para equipamentos industriais cresceram 28%, atingindo US$ 155 milhões, tornando-se, portanto, o item mais exportado do setor.

GTD foi a área que apontou a maior taxa de retração atingindo 24,0%, influenciada, principalmente, pelas reduções nas vendas externas de geradores (-44%) e grupos eletrogêneos (-36%).

Já as vendas externas de bens de telecomunicações registrou incremento de 27,6% e as exportações de itens de automação industrial e de material elétrico de instalação expandiram-se 6,9%.

Com relação aos destinos, as exportações para o mercado norte-americano cresceram 18,2% (US$ 370,7 milhões), alcançando uma participação de 29%. Já as vendas para a Argentina recuaram 39,5%, reduzindo a fatia deste país para 15%.

As importações de produtos elétricos e eletrônicos recuaram 4,9% em janeiro-março de 2019 em relação ao igual período do ano anterior, registrando US$ 7,67 bilhões.

A queda de 11,2% nas compras externas de componentes elétricos e eletrônicos foi a principal responsável por esse resultado, visto que somente as importações desses itens somaram US$ 4,37 bilhões, participando com 57% do total.

Ressalta-se que os quatro itens mais importados do setor eletroeletrônico foram componentes, sendo que todos apontaram queda: componentes para telecomunicações (-13%), semicondutores (-8%), eletrônica embarcada (-20%) e componentes para informática (-18%).

Nas compras externas, aumento de itens de GTD (+29,7%) e bens de Telecomunicações (+20,0%).

Com isso, no 1º trimestre de 2019, o déficit da balança comercial dos produtos elétricos e eletrônicos somou US$ 6,40 bilhões, 4% abaixo do registrado em igual período de 2018 (US$ 6,68 bilhões).

Fonte: Assessoria de Imprensa da Abinee (Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica) – Abinee


141 queries in 2,699 seconds