-->
Home | Jornal Multimodal | Grupo de Trabalho se reúne para debater alternativas de desenvolvimento do Porto de Imbituba
Postado em 20 de novembro de 2019 | 17:58

Grupo de Trabalho se reúne para debater alternativas de desenvolvimento do Porto de Imbituba

Ocorreu a 4ª reunião do Grupo de Trabalho para o desenvolvimento do Porto de Imbituba. Formado por representantes da Autoridade Portuária, da SCPAR Holding e das Associações Empresariais de Criciúma, Tubarão, Imbituba e Vale do Braço do Norte, o grupo debateu alternativas para atração de novas cargas de contêiner e novas linhas de navegação para o Porto. Também participaram do encontro representantes da Secretária de Estado da Fazenda e da empresa Santos Brasil Participações, arrendatária e operadora dos Terminais de Contêineres (Tecon) e Carga Geral (TCG) do Porto de Imbituba.

Mauricio Brasiliense, coordenador do Tecon e do TCG, apresentou dados sobre o desempenho da cabotagem no Porto de Imbituba e destacou o crescimento de 27% na movimentação de contêineres e de 36% na movimentação de Cargas Gerais, quando comparado ao volume movimentado de janeiro a outubro de 2018.

O incremento na movimentação conteinerizada inclui uma parcela de contêineres com o início e conclusão de trânsito internacional por Imbituba, permitindo ao Importador e Exportador da região movimentar suas cargas através da linha de cabotagem. Nestes casos, ocorre o transbordo da carga em outros Portos nacionais, conectando Imbituba com as principais rotas marítimas mundiais.

“Atualmente, o transporte terrestre representa um custo superior em aproximadamente 30%, quando comparado com a navegação de cabotagem. Há um enorme potencial de cargas na região. As taxas de crescimento apresentadas mostram a atratividade pela utilização da navegação de cabotagem e o quanto podemos crescer nos próximos anos”, apontou Mauricio.

Durante o encontro, os participantes ressaltaram a necessidade de articulação conjunta entre as organizações para viabilizar as ideias trazidas nas reuniões e alcançar resultados concretos. Neste sentido, será criado um plano de trabalho, com objetivos, metas e prazos definidos.

Fonte: Porto de Imbituba


143 queries in 3,214 seconds