-->
Home | Jornal Multimodal | Governo debate melhoria na infraestrutura para aumentar a produtividade das empresas
Postado em 11 de abril de 2019 | 18:51

Governo debate melhoria na infraestrutura para aumentar a produtividade das empresas

“É preciso identificar e realizar obras de curto prazo e, assim, se preparar para desenvolver as de longo prazo”. Foi assim que o Secretário de Desenvolvimento da Infraestrutura (Sepec/SDI), do Ministério da Economia, Diogo Mac Cord, abriu os trabalhos do seminário de “Desenvolvimento da Infraestrutura Nacional”, nesta quinta-feira (11), que aconteceu em Brasília/Df.

Para o secretário, “este primeiro momento tem como objetivo saber o que cada ministério tem desenvolvido em suas pastas, a orientação que está sendo dada em seus projetos a curto e longo prazos e, principalmente, uniformizar a linha de trabalho, uma vez que a grande maioria dos ministérios tem propostas e objetivos interligados. É necessário criarmos uma força tarefa para dar andamento às obras de urgência que estão paralisadas no País”, enfatizou Mac Cord.

Um dos pontos mais discutidos foi a importância de envolver todos os ministérios para identificar as obras que estão paralisadas, em todo o País, identificar seu grau de prioridade e, principalmente, a possibilidade de manutenção – desde equipamentos até a disponibilidade de pessoal – para que esse empreendimento possa realmente concluir seu ciclo (projeto – obra – conclusão com qualidade e funcionamento).

Diogo Mac Card destacou: transporte, energia, telecomunicações e saneamento como prioritários e que devem, portanto, ter investimentos para alcançar os níveis dos países desenvolvidos (em infraestrutura).

Também foi levantada a necessidade de se atentar aos institutos e autarquias na questão de investimento, como por exemplo na área de tecnologia. “Uma vez que essa área é de suma importância para o desenvolvimento dos projetos, agilidade e monitoramento na execução”, comentou o secretário.

Participaram dessa reunião: representantes de vários ministérios e autarquias federais que tratam direta ou indiretamente da área de Infraestrutura, gestores públicos estaduais e municipais e economistas.

Fonte: Ministério da Economia


145 queries in 3,026 seconds