-->
Home | Jornal Multimodal | Conportos disponibiliza 160 vagas em curso de supervisor de segurança portuária em Santos
Postado em 8 de setembro de 2019 | 18:08

Conportos disponibiliza 160 vagas em curso de supervisor de segurança portuária em Santos

A Comissão Nacional de Segurança Pública nos Portos, Terminais e Vias Navegáveis (Conportos) começa a receber inscrições para o Curso Especial de Supervisor de Segurança Portuária (CESSP), que ocorrerá durante o próximo mês na Universidade Metropolitana de Santos (Unimes). São 160 vagas para candidatos formados no Ensino Superior e atuantes no setor marítimo e portuário de qualquer região do país. As inscrições seguem até o dia 30 deste mês.

O candidato deve ter Ensino Superior completo e vínculo empregatício com alguma instalação portuária do Brasil. Neste sentido, o interessado deverá ter indicação formal pelo representante legal da instalação portuária ou porto organizado com o qual mantenha vínculo empregatício direto.

Além disso, é necessário estar em dia com a Justiça Eleitoral e com o serviço militar, no caso de candidatos do sexo masculino. Se o interessado possuir nacionalidade portuguesa, deve comprovar reconhecimento pelo Estatuto de Igualdade de Direitos e Deveres entre Brasileiros e Portugueses.

Para efetuar a inscrição, é necessário enviar um e-mail para conportos@mj.gov.br, com a documentação anexada em documento único (no formato PDF). Na hora do envio, os documentos deverão estar na ordem decretada pela Conportos (confira abaixo). Os documentos originais ou fotocópias autenticadas em cartório deverão ser apresentados no local do curso, no primeiro dia de aula, para análise e homologação. Caso a documentação seja incompatível, a matrícula será cancelada.

A seleção dos inscritos será realizada pela Secretaria Executiva da Conportos. Os nomes escolhidos serão divulgados no site (http://www.pf.gov.br/servicos-pf/seguranca-portuaria/curso-cessp-19a-edicao) até 4 de outubro. Haverá lista reserva, caso tenha desistência de algum aluno.

O certificado de conclusão de curso será entregue para o participante que obtiver aproveitamento igual ou superior a 70% do total em cada prova aplicada, e frequência de 90% do total da carga horária de 40 horas.

Os selecionados serão divididos em quatro turmas. Duas delas vão fazer o curso do dia 14 a 18 de outubro, e as outras duas, do dia 21 a 25. A Universidade Metropolitana de Santos, onde as aulas serão realizadas, fica na Avenida General Francisco Glicério, 8, no bairro Encruzilhada.

Confira a documentação (a ser enviada para o e-mail conportos@mj.gov.br nesta ordem)

– Ficha de Inscrição do evento, preenchida e assinada, disponibilizada no sítio eletrônico http://www.pf.gov.br/servicos-pf/seguranca-portuaria/curso-cessp-19a-edicao;

– Expediente formal de indicação do participante, em papel timbrado da empresa com a qual tem vínculo empregatício, devendo constar: Razão Social e CNPJ da instalação, em conformidade com o seu Plano de Segurança Portuário; nome e CPF do(s) indicado(s); tempo do vínculo empregatício do(s) indicado(s) com o terminal portuário; indicação do número de Supervisores de Segurança Portuária do terminal portuário; assinatura do representante legal da Instalação responsável pela indicação;

– Documento de identidade válido em território nacional;

– Comprovante constatando ser brasileiro nato ou naturalizado e, no caso de nacionalidade portuguesa, estar amparado pelo Estatuto de Igualdade entre Brasileiros e Portugueses, com reconhecimento do gozo dos direitos políticos;

– Número de inscrição no CPF;

– Comprovante de vínculo empregatício direto com a instalação portuária que o indicou para o curso, por meio da Carteira de Trabalho e Previdência Social ou do Contrato de Prestação de Serviço ou do ato de posse e exercício, se ocupante de cargo ou emprego público;

– Certificado que comprove a conclusão do Ensino Superior;

– Certificado de Reservista de 1ª ou 2ª Categoria ou Certificado de Dispensa de Incorporação (se candidato do sexo masculino);

– Certidão de Quitação Eleitoral;

– Certidão Negativa Criminal expedida pela Justiça Federal do local onde reside;

– Certidão Negativa Criminal expedida pela Justiça Estadual do local onde reside;

– Comprovante de residência.

Fonte: A Tribuna


140 queries in 3,370 seconds