-->
Home | Jornal Multimodal | Conab reduz previsão de safra de milho do Brasil, mantém exportação
Postado em 9 de agosto de 2018 | 18:04

Conab reduz previsão de safra de milho do Brasil, mantém exportação

A segunda safra de milho 2017/18 do Brasil, em processo de colheita, deve alcançar 55,35 milhões de toneladas, projetou nesta quinta-feira a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), em um ligeiro corte ante sua estimativa anterior, de 56,01 milhões de toneladas.

Caso se confirme, o volume representaria queda de 17,8 por cento ante o recorde de 67,4 milhões de toneladas de 2016/17 e levaria o volume total da temporada, considerando-se a colheita de verão, a 82,18 milhões de toneladas (-16 por cento).

A revisão para baixo ocorre após a forte estiagem durante o período de desenvolvimento das lavouras, em especial no Paraná, segundo maior produtor do país, atrás apenas de Mato Grosso.

Apesar da menor oferta disponível, a Conab manteve sua previsão de exportação de 30 milhões de toneladas de milho para 2017/18, em contraste com o esperado por outras entidades do setor, como a Associação Nacional dos Exportadores de Cereais (Anec), que cortaram suas previsões de embarques.

SOJA
A Conab elevou levemente sua estimativa para a produção de soja em 2017/18 no Brasil, a um recorde de 118,98 milhões de toneladas, de 118,88 milhões na previsão de julho e 114,07 milhões em 2016/17.

A soja levantou temores durante a fase de plantio, devido a uma seca, mas depois o tempo melhorou, e a colheita mostrou boas produtividades.

Segundo a Conab, o Brasil, maior exportador global da oleaginosa, deve embarcar 72 milhões de toneladas em 2017/18, estável na comparação com o levantamento passado.

Fonte: Reuters

Deixe um comentário:

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*


144 queries in 4,118 seconds