-->
Home | Jornal Multimodal | Brasil Exportou tabaco para mais de 100 Países
Postado em 11 de fevereiro de 2021 | 18:15

Brasil Exportou tabaco para mais de 100 Países

O produto é o 8º mais importante do agronegócio. A pandemia de Covid-19 não atrapalhou o desempenho das exportações de tabaco em 2020. O produto tem grande relevância no agronegócio brasileiro, sendo o 8º mais importante nas vendas externas. No ano passado representou 0,8% das exportações nacionais e 4,1% das exportações da Região Sul, local onde concentra o cultivo. No Rio Grande do Sul, maior produtor, o tabaco já representa quase 10% das exportações.

Dados do Ministério da Economia dão conta que seguiram para o exterior 514.287 toneladas de tabaco, gerando US$ 1,6 bilhão. O desempenho é menor do que em 2019 e já era esperado, uma vez que, aquela safra foi responsável por escoar produto ainda restante de 2018. A redução em 2020 foi na cada de 6% em volume e 23% em dólares.

Foram 113 destinos. Os principais mercados para o tabaco brasileiro foram a União Européia (41% do total), seguida do Extremo Oriente (24%); África/Oriente Médio (11%); América do Norte (9%); América Latina (9%) e Leste Europeu (6%). Em valores o líder é a Bélgica, com US$ 414 milhões. Na segunda posição aparece a China, com US$ 153 milhões e em seguida os Estados Unidos, com US$ 125 milhões. Ainda completam a lista dos cinco maiores compradores Indonésia e os Emirados Árabes.

Em 2020 o Brasil produziu 603 mil toneladas, em 544 municípios, em sua maioria na agricultura familiar. O país segue no posto de segundo maior produtor mundial. Entre as cidades brasileiras a liderança é São João do Triunfo (PR), com 19.422 toneladas, seguido de Canguçu (RS), com 17.406 toneladas e Itaiópolis (SC), com 16.741 toneladas.
 

 

Fonte: Agrolink


144 queries in 4,231 seconds