-->
Home | Jornal Multimodal | Brasil e Golfo querem fortalecer relações econômicas
Postado em 13 de julho de 2021 | 17:23

Brasil e Golfo querem fortalecer relações econômicas

O presidente da Câmara de Comércio Árabe Brasileira, Osmar Chohfi, o secretário-geral, Tamer Mansour, e a gerente de Relações Institucionais, Fernanda Baltazar, tiveram reunião virtual nesta segunda-feira (12/07) com representantes da Federação das Câmaras do Conselho de Cooperação do Golfo (FGCCC), incluindo seu presidente, Sameer Abdulla Ahmad Nass (na foto acima, à direita), do Bahrein, para falar sobre formas de aumentar as relações econômicas entre as partes.

Eles conversaram sobre a possibilidade de assinatura de acordos e realização de eventos conjuntos para promover as relações entre os países do Conselho de Cooperação do Golfo (GCC) e o Brasil. Eles discutiram a possibilidade de um webinar sobre oportunidades de negócios, um fórum econômico e um fórum voltado a mulheres árabes e brasileiras, além de ações na Expo 2020, em Dubai, exposição universal que terá início em outubro nos Emirados.

Reprodução

Da esq. para a dir., Mansour, Chohfi e Baltazar

As propostas, feitas pela Câmara Árabe, foram bem recebidas pelos representantes da federação. “A assinatura do acordo com a Câmara Árabe é um passo importantíssimo para fortalecer as relações econômicas”, disse Nass. Ele destacou também a importância da assinatura de acordos entre os governos para ampliar investimentos.

Segundo o presidente da federação, a balança comercial entre o Brasil e os países do Golfo pode ser ampliada e tem grande potencial, e a federação está disposta a coordenar esforços para que isso aconteça. “A concretização desses objetivos requer preparar o caminho para chegar a acordos na área de incentivo aos investimentos, evitar bitributação, incentivar empresas a investir, facilitar os meios de transporte, incentivar o intercâmbio comercial e a troca de visitas de delegações”, disse Nass.

Reprodução

Representantes na sede da Federação das Câmaras do GCC

Chohfi lembrou que está em processo a possibilidade de assinatura de um acordo de livre comércio entre o Mercosul e o GCC. “Há uma grande complementariedade entre Mercosul e GCC que podemos explorar, e também podemos explorar a possibilidade de assinar acordos específicos entre os países”, disse. O presidente da Câmara Árabe disse ter convicção de haver espaço para a comercialização de produtos industrializados nas regiões, e que isso pode criar empregos e desenvolver parques industriais no Brasil e no Golfo.

Da Câmara Árabe, participaram da reunião também o chefe do Escritório Internacional em Dubai, Rafael Solimeo, a diretora de Novos Negócios, Daniella Leite, a diretora de Marketing e Conteúdo, Silvana gomes, e o conselheiro regional para os países do GCC, Iraque e Iêmen, Shaheen Ali Shaheen. Do Golfo, participaram outros executivos e representantes de câmaras de comércio da região.

Fonte: Anba

144 queries in 3,541 seconds