-->
Home | Jornal Multimodal | APM Terminals Pecém apresenta recorde na movimentação em outubro
Postado em 21 de novembro de 2023 | 16:05

APM Terminals Pecém apresenta recorde na movimentação em outubro

A companhia registrou 55 mil TEUs movimentados. Desde o início da safra deste ano, a APM Terminals Pecém vem apresentando bons números operacionais, mesmo com 2023 se mostrando um ano desafiador para o mercado portuário. Em outubro, o terminal quebrou seu recorde de movimentações e registrou 55 mil TEUs movimentados. Esse foi o maior volume registrado na história da APM Terminals Pecém, que já conta com crescimento de 11% na movimentação acumulada de janeiro a outubro de 2023, frente ao mesmo período de 2022.

Para Daniel Rose, diretor-presidente da APM Terminals Pecém, a adaptabilidade da operação do terminal, como um todo, é um fator-chave para esse resultado. “Nossa resposta ágil ao aumento da demanda garantiu a continuidade dos serviços com alta segurança. Reforçamos nosso compromisso com o Porto do Pecém e especialmente com o setor de fruticultura da região nordeste, fortalecendo o papel fundamental do HUB portuário do Ceará na expansão das operações, com forte presença em exportações”.

Historicamente, outubro e novembro já se apresentam como os melhores meses de movimentação, muito em virtude da alta demanda pela exportação de frutas para a Europa e os Estados Unidos. A localização privilegiada do terminal da APM Terminals Pecém contribui para o êxito desse tipo de movimentação, a partir da proximidade geográfica, fazendo com que os alimentos produzidos no país cheguem mais rápido ao destino final.

“Estamos otimistas quanto ao futuro e comprometidos em investir e crescer junto com o Ceará e estados vizinhos, vinculando nosso sucesso ao desenvolvimento econômico sustentável da região. Continuaremos a aprimorar operações, expandir infraestrutura e promover a sustentabilidade e a responsabilidade social em todas as nossas atividades”, complementa Daniel Rose.

Marcelo Gurgel, gerente Comercial da APM Terminals Pecém, confirma que “além do crescimento de 23% na exportação de frutas, nos últimos três meses, o terminal também foi o principal porto de auxílio para as operações que estavam destinadas a Manaus, que sofre com a pior seca da região amazônica já registrada na história”. Durante esse período, o terminal contou com uma alta demanda de contêineres e atuou como um ponto operacional para a recepção de grande parte do volume das cargas para Manaus, provenientes de diversos armadores.

“Nosso terminal estava preparado para esse desafio e todo o investimento realizado em equipamentos, pessoas e áreas específicas se provou efetivo para o recebimento dos transbordos e constante alinhamento com os diversos armadores e o Complexo do Pecém”, acrescenta André Gonzaga, gerente de Operações da APM Terminals Pecém.

21 anos de desenvolvimento

A Companhia global APM Terminals é uma das principais operadoras portuárias do mundo e trabalha diariamente para elevar o comércio exterior, bem como conectar negócios, regiões e pessoas. Neste mês (novembro), o terminal de Pecém celebra 21 anos de história e é notável o crescimento e a evolução da companhia perante o mercado brasileiro e internacional, assim como a comunidade da qual faz parte.

São mais de duas décadas de investimentos em equipamentos, infraestrutura, capacitação de mão de obra e melhorias na qualidade das operações. Com os avanços diários, os resultados obtidos e o cuidado com a segurança de todos.

 

 

Fonte: Press Reliase

 

 

Fonte:


101 queries in 21,524 seconds