-->
Home | Highlights | Portos RS apresentam ações realizadas e debate o futuro do Porto do Rio Grande
Postado em 12 de fevereiro de 2020 | 20:04

Portos RS apresentam ações realizadas e debate o futuro do Porto do Rio Grande

O superintendente dos Portos do Rio Grande do Sul, Fernando Estima, esteve na manhã desta terça-feira, 11, reunido com as lideranças empresariais, entidades de classe e principalmente, do setor hidro portuário da Cidade do Rio Grande. A Superintendência também apresentou os dados de movimentação do complexo portuário no ano de 2019. O evento ocorreu na Câmara de Comércio.

O presidente da entidade, Antônio Carlos Bacchieri Duarte, abriu o encontro dizendo ser extremamente importante esse debate com as lideranças locais para apresentar o futuro do sistema portuário gaúcho. O Capitão dos Portos do Rio Grande do Sul, capitão de mar e guerra Reinaldo Luís Lopes dos Santos, destacou a importância da parceria entre a autoridade marítima e portuária para a salvaguarda da navegação e garantia de um funcionamento portuário seguro e eficiente.

Ao iniciar sua fala, Fernando Estima destacou as principais ações ao longo do ano de 2019, entre elas a formação de uma diretoria técnica para atuar na autarquia e também da importância dada pelo Governador Eduardo Leite para a ampliação da competitividade dos portos gaúchos. Estima ainda falou sobre o trabalho de construção do Projeto de Lei para a modificação da autarquia para uma empresa pública atendendo aos novos conceitos de administração portuária proposta pela Secretaria Nacional de Portos e Agência Nacional de Transportes Aquaviários. Por fim, ainda abordou questões importantes como o Terminal Logístico do Arroz e a homologação do novo calado do Porto após o término da dragagem de manutenção do canal de acesso.

Dados

Ao longo da apresentação, Fernando Estima apresentou os dados do ano de 2019 destacando os 17 terminais privativos em funcionamento no Estado e também dos três portos públicos: Rio Grande, Pelotas e Porto Alegre. Somados, os 20 portos/terminais gaúchos somam mais de 52 milhões de toneladas*. Somente Rio Grande, movimento 41,3 milhões de toneladas. Destaques para a celulose com mais de 3,4 milhões de toneladas e; fosfatos que ultrapassou 1,8 milhões de toneladas.

Soja

O complexo soja segue sendo a principal movimentação do complexo portuário. Somente o grão, em 2019, representou mais de 13 milhões de toneladas. A redução dos embarques de soja, na casa dos 7%, são resultados de um menor estoque de passagem; da peste suína e também da guerra comercial entre Estados Unidos e China.

Fonte: Portos RS


160 queries in 2,777 seconds