-->
Home | Highlights | Porto do Rio de Janeiro ingressa no Mercado Livre de Energia e prevê economia de 30% nos custos
Postado em 13 de maio de 2024 | 17:04

Porto do Rio de Janeiro ingressa no Mercado Livre de Energia e prevê economia de 30% nos custos

A companhia também projeta uma redução anual de emissões de CO² de mais 200 toneladas a partir da escolha de fontes renováveis. A PortosRio anunciou a entrada do Porto do Rio de Janeiro no Mercado Livre de Energia. Segundo a empresa, a expectativa para 2024 é economizar cerca de 30% mensal com os custos de energia.

A companhia também projeta uma redução anual de emissões de CO² de mais 200 toneladas a partir da escolha de fontes renováveis como hídricas, eólicas, solares e biomassa, impulsionadas pelo Mercado Livre de Energia.

“Além da economia substancial que iremos alcançar, esta mudança representa um passo significativo para a modernização e a eficiência energética do Porto do Rio de Janeiro, demonstrando o compromisso da PortosRio com a sustentabilidade e a redução de custos operacionais. Com a liberdade de escolher nossos fornecedores e fontes de energia, estamos posicionando o Porto do Rio de Janeiro para um futuro mais sustentável e competitivo”, disse o diretor-presidente da PortosRio, Francisco Martins.

De acordo com a companhia, a migração do Porto do Rio de Janeiro para o novo modelo de consumo foi facilitada pela Liven. A troca para o ambiente livre de contratação foi licitada por meio de Pregão Eletrônico, tendo a MILL Energia como vencedora da licitação.

 

 

 

Fonte: Mundo Logistica


111 queries in 2,714 seconds