-->
Home | Highlights | Explode a exportação de plantas ornamentais no Ceará
Postado em 21 de maio de 2019 | 17:41

Explode a exportação de plantas ornamentais no Ceará

A exportação de flores e plantas ornamentais produzidas no Ceará passou de US$ 14,40 mil, em 1997, para US$ 4,60 milhões, em 2014, ou seja, um crescimento de 31.8oo%. A informação é do Instituto de Pesquisa do Ceará (Ipece), organismo da Secretaria do Planejamento e Gestão do Governo do Estado.

Já a importação, no mesmo período, foi de US$ 53,15 mil para US$ 49,47 mil, queda de 6,92% (os valores são correntes).

Entre 1997/2017, o Ceará exportou em plantas ornamentais U$ 44, 23 milhões e importou US$ 5,61 milhões, resultando em um superávit de US$ 38,62 milhões.

Em pouco menos de 20 anos, o Ceará avançou de inexpressivos 0,13% de participação no mercado nacional de flores, para 20% em 2014.

O período analisado marca a ascensão do Ceará como novo protagonista nacional no mercado de exportações de flores, superando o desempenho de estados tradicionais na produção, como Minas Gerais e Rio Grande do Sul.

A mudança é resultado direto de políticas públicas do Governo do Estado e investimento em tecnologia e treinamento privados.

Os dados estão no artigo “Efeitos das políticas públicas na exportação de flores do estado do Ceará: avaliação para o período 1997/2014”, que integra o Boletim de Gestão Pública (nº 13 – março/abril de 2019) e que acaba de ser publicado pelo Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (Ipece).

Fonte: Diário do Nordeste


163 queries in 3,292 seconds