-->
Home | Highlights | Estudos para a nova concessão da Presidente Dutra são tema de audiência pública na Câmara dos Deputados
Postado em 28 de novembro de 2019 | 20:33

Estudos para a nova concessão da Presidente Dutra são tema de audiência pública na Câmara dos Deputados

Nesta quarta-feira (28), o diretor de Planejamento da EPL, Rafael Benini, apresentou aos integrantes da Comissão de Viação e Transportes da Câmara dos Deputados as principais inovações sugeridas pela empresa no projeto para a nova concessão da rodovia Presidente Dutra.

Entre os detalhes apresentados pelo diretor na audiência, a construção de quatro áreas de descanso para caminhoneiros, 40 quilômetros de vias marginais, 110 passarelas de pedestres, 632 paradas de ônibus e a duplicação de 235 quilômetros de rodovia chamaram atenção dos participantes.

A previsão do projeto para a nova subida da Serra das Araras, trecho entre os municípios de Piraí e Paracambi, ambos no Rio de Janeiro, também foi um dos temas abordados por Benini.

Para a segurança da rodovia, Benini explicou que está previsto um sistema de monitoramento inteligente de tráfego com feito com câmeras que podem detectar acidentes e intercorrências de maneira automática. Segundo o diretor, isso reduziria o tempo de resposta da concessionária para o atendimento aos usuários. Outras novidades são a implantação de um de sistema dinâmico de controle de velocidade, aplicativo de celular para emergências e iluminação de LED em toda a pista.

As metodologias desenvolvidas para garantir que os investimentos de cerca de R$ 17 bilhões para rodovia sejam realizados foram abordadas pelo diretor. Segundo ele, para atender as necessidades da população, os aportes feitos pela futura concessionária deverão ocorrer no início do projeto.

“Também estamos trabalhando com mecanismo de proteção cambial para trazer o financiamento estrangeiro para o projeto. Criamos esse mecanismo para que seja possível compensar variações cambiais sem a necessidade de aporte do Tesouro Nacional ou reequilíbrio na tarifa de pedágio”, disse.

Presidida pelo deputado federal Juninho do Pneu (RJ), além da presença de deputados federais, a audiência contou com representantes do Ministério da Infraestrutura, da Agência Nacional dos Transportes Terrestres, da CCR NovaDutra, deputados estaduais, secretários municipais e vereadores da região.

BR-101

O projeto da EPL altera a concepção atual da concessão, limitando o trecho da BR-116 situado entre os entroncamentos da rodovia com a BR-465/RJ, em Seropédica (RJ), com a Marginal Tietê, em São Paulo. Também fará parte da concessão o trecho de 243 quilômetros da BR-101, entre as cidades de Ubatuba (SP) e Itaguaí (RJ), popularmente conhecido como Rodovia Rio-Santos.

Entre as demais propostas contidas no estudo encontra-se a possibilidade da utilização de descontos na tarifa para usuários frequentes. A medida reduziria progressivamente o valor da tarifa para os veículos que façam trajetos de ida e volta repetidas vezes pelas mesmas praças de pedágio. A cobrança de valores diferenciados para trechos de pista simples e pista dupla também está prevista no projeto.

Fonte: EPL


160 queries in 2,668 seconds