-->
Home | Highlights | Bureau Veritas realiza auditorias de segurança operacional na 3R Petroleum
Postado em 26 de abril de 2022 | 18:05

Bureau Veritas realiza auditorias de segurança operacional na 3R Petroleum

Grupo é responsável pela avaliação da conformidade técnica e legal de todas as instalações terrestres e marítimas da operadora de óleo e gás, distribuídas por polos localizados em cinco estados brasileiros.

O Bureau Veritas assume auditoria interna do Sistema de Gestão Operacional das instalações onshore e offshore da 3R Petroleum, operadora brasileira de óleo e gás. O Grupo avaliará a conformidade das operações da companhia com base nos regulamentos técnicos da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), auxiliando na prevenção de riscos e análise do potencial de impacto à segurança pessoal e operacional, ao meio ambiente e à comunidade, identificando também pontos de melhorias.

“A história do Bureau Veritas começou no setor marítimo e nesses mais de 190 anos de atuação em qualidade e segurança de operações, auxiliamos milhares de empresas a se desenvolverem e expandirem seus negócios com integridade, eficácia e transparência. Com a 3R Petroleum não será diferente, ainda mais por se tratar de uma companhia tão jovem e com tanto potencial”, afirma Márcio Pereira, diretor de Marítima e Offshore do Bureau Veritas.

“Devido à expertise e relevância do Bureau Veritas no setor, acreditamos que possa exercer um papel importante no nosso negócio. Somos hoje uma das maiores operadoras privadas independentes de óleo e gás na América Latina, focados em aumentar a produção de campos maduros, tendo a segurança como valor. A parceria com o BV é fundamental nos planos de otimização das operações, com foco em eficiência operacional e controle de riscos, sempre com respeito total às pessoas e ao meio ambiente”, comenta Ricardo Savini, CEO da 3R Petroleum.

O Bureau Veritas verificará a aderência do Sistema de Gestão Operacional da 3R Petroleum às resoluções da ANP relacionadas a perfuração, produção e movimentação de petróleo, derivados e gás natural, tanto em instalações terrestres quanto marítimas e submarinas, bem como à integridade dos poços. Além das diretrizes estabelecidas nos regulamentos técnicos, o Grupo também considerará as normas internas da companhia e as normas de referência na indústria de Óleo e Gás.

O processo de auditoria é realizado por uma equipe técnica especializada na legislação do setor e em operações onshore e offshore e compreende planejamento, auditoria documental, visita técnica, entrevistas e relatório final com diretrizes de conformidade e sugestões de melhoria. No escopo, estão contemplados os polos Macau, Pescada, Areia Branca e Potiguar, Rio Grande do Norte, Polos Rio Ventura e Recôncavo, Bahia, Polo Fazenda Belém, Ceará, Polo Peroá, Espírito Santo, e Polo Papa-Terra, Rio de Janeiro. Para cada polo, serão adotados procedimentos específicos relacionados ao tipo de instalação, onshore ou offshore, e às resoluções aplicáveis: SGSO, RTDT, SGI, SGSS e SGIP.

 

 

 

Fonte: Portos e Navios


156 queries in 5,932 seconds