-->
Home | Anote | Venda digital deve se perpetuar nas exportações de calçados
Postado em 14 de janeiro de 2021 | 18:25

Venda digital deve se perpetuar nas exportações de calçados

As vendas e feiras em plataformas digitais vieram para ficar no mercado externo de calçados, como disse Haroldo Ferreira, presidente executivo da Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados).

Questionado sobre como seriam as visitas de importadores a feiras no Brasil e no exterior, Ferreira explica que a ideia é aliar as ferramentas digitais às feiras físicas, conforme elas tornem a ocorrer.

De janeiro a dezembro de 2020 o Brasil exportou 93,8 milhões de pares, uma queda de 18,6% frente a 2019. Já nos 11 primeiros meses do ano, a produção nacional foi de 654,1 milhões de pares, número 23,4% menor do que no mesmo período do ano anterior. Em um cenário em que a vacinação se torne uma realidade no Brasil e o comércio se mantenha aberto, a Abicalçados projeta que em 2021 a exportação volte a crescer, com expectativa de 14,9% mais vendas frente a 2020.

Fonte: Agência Anba

141 queries in 3,775 seconds