-->
Home | Anote | Trigo tem poucos negócios, com indústria e produtores retraídos
Postado em 12 de março de 2020 | 19:03

Trigo tem poucos negócios, com indústria e produtores retraídos

O mercado brasileiro permaneceu com poucos negócios nesta quinta-feira, com vendedores e compradores retraídos. “Apesar do volume reduzido de oferta disponível, enquanto ofertantes seguem buscando a valorização do seu produto, os compradores, por outro lado, não querem pagar mais tendo em vista que ainda possuem estoques suficientes para cerca de dois meses”, disse o analista de Safras & Mercado, Jonathan Pinheiro. Além da oferta insuficiente para atender a demanda doméstica até o início da próxima safra, em agosto, os volumes disponíveis nos vizinhos do Mercosul também são limitados, dando um viés de alta nos preços para o médio e para o longo prazo, assinalou o analista.

Em março, as importações brasileiras cresceram, com mais de 500 mil toneladas ingressando no país. “O câmbio é outro ponto de atenção, com alta expressiva hoje, recuando somente após a intervenção governamental, contudo, mantendo o incremento dos custos de importação, pelas paridades de importação, abrindo espaços para recuperações também para o cereal nacional”, concluiu.

Fonte: Agência Safras


144 queries in 8,079 seconds