-->
Home | Anote | Greve dos Correios prossegue sem acordo, mas com julgamento marcado
Postado em 15 de setembro de 2020 | 17:18

Greve dos Correios prossegue sem acordo, mas com julgamento marcado

Os funcionários dos Correios não entraram em acordo com a empresa em audiência de conciliação realizada na tarde de sexta-feira (12), no TST (Tribunal Superior do Trabalho), em Brasília.

Assim, a ministra Kátia Arruda, relatora do dissídio da greve, marcou o julgamento da ação para o próximo dia 21. Além disso, foram concedidos cinco dias para as manifestações dos advogados no processo.

Conforme o sindicato em MS, 70% dos trabalhadores do Estado paralisaram. No entanto, a estatal contesta e afirma que a paralisação foi aderida pela minoria de seus empregados, apesar de não apresentar números.

Os trabalhadores protestam contra a privatização da empresa, “a perda de direitos” e a “negligência com a saúde dos trabalhadores em relação à Covid-19”.

Em nota, os Correios atualizaram o status da operação. “Os Correios seguem trabalhando para reduzir os efeitos da paralisação parcial dos empregados. Durante o último fim de semana e feriado de Dia da Independência, os empregados das áreas administrativa e operacional estiveram mais uma vez unidos em prol da manutenção dos serviços da estatal”.

 

 

Fonte: Frotas & Cia


141 queries in 9,091 seconds