-->
Home | Anote | China orienta mídia estatal a manter a calma e não inflamar disputa comercial com os EUA
Postado em 11 de julho de 2018 | 18:14

China orienta mídia estatal a manter a calma e não inflamar disputa comercial com os EUA

A China está claramente irritada com os movimentos dos Estados Unidos, mas controlou a cobertura da disputa comercial na mídia, limitando comentários abertos e proibindo ataques ao presidente norte-americano, Donald Trump, disseram várias fontes com conhecimento sobre o assunto. Pequim emitiu regras excepcionalmente rígidas limitando a cobertura da guerra comercial por causa de preocupações de que a notificação descontrolada poderia desencadear instabilidade ou prejudicar os mercados financeiros já agitados, segundo fontes da mídia estatal chinesa.

“Ao expor e criticar as palavras e ações norte-americanas, tome cuidado para não vinculá-las a Trump e, em vez disso, direcione-as para o governo dos EUA”, disse um memorando baseado em um conjunto de diretivas emitidas verbalmente por autoridades do governo e distribuído a repórteres da agência estatal de notícias e visto pela Reuters.

Fonte: Reuters


139 queries in 2,714 seconds