-->
Home | Anote | Brasil tenta ampliar pauta de exportação
Postado em 26 de setembro de 2018 | 18:24

Brasil tenta ampliar pauta de exportação

A pauta de exportações brasileira é conhecida pela predominância dos chamados produtos básicos. Segundo dados do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), de janeiro a agosto de 2018, as vendas dos não industrializados lideraram a arrecadação do Brasil com exportações. Já os industrializados, alcançaram patamares bem menores. A equação não é considerada saudável por economistas, pois a balança comercial do país fica refém do vaivém da cotação internacional dos produtos básicos, também conhecidos como commodities.

As informações do MDIC são de que de janeiro a agosto a soja respondeu por 33% do valor exportado, óleos brutos de petróleo, 19,56%, e minério de ferro, 15,96%, sem sequência. Enquanto isso, itens manufaturados tiveram presença bem menor, como os automóveis de passageiros. Produtos de valor agregado da indústria de bebidas e alimentos geraram ainda menos receita. A Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) atua através do Programa de Capacitação para Exportação (Peiex) capacitando empresários para exportar seus produtos de maior valor agregado.

Fonte:Agência Brasil


142 queries in 2,808 seconds