-->
Home | Anote | Alainee: preocupação com mudanças na TEC do Mercosul sem consulta ao setor industrial
Postado em 20 de novembro de 2019 | 18:52

Alainee: preocupação com mudanças na TEC do Mercosul sem consulta ao setor industrial

O presidente executivo, Humberto Barbato, e o assessor de Relações Internacionais da Abinee, Mario Branco, participaram esta semana da Reunião Ordinária da Associação Latinoamericana da Indústria Elétrica e Eletrônica (Alainee). Barbato e Branco, que ocupam respectivamente a presidência e a diretoria da Alainee, trataram de temas como a redução unilateral na TEC (tarifa externa comum), elaboraram uma declaração conjunta das delegações da Argentina, Brasil e Uruguai a respeito de que preocupam o setor produtivo dos três países. A declaração foi entregue em mãos ao embaixador Bruno de Rísios Bath, representante permanente do Brasil junto à Associação Latino-Americana de Integração (Aladi) e ao Mercosul. O documento será enviado aos demais representantes do Mercado Comum.

A declaração expressa a preocupação do setor elétrico e eletrônico do Mercosul em relação aos encontros oficiais do Grupo Ad Hoc de Alteração da tarifa externa comum, sem consulta ao setor privado e sem divulgação sobre os resultados ou atual estágio dos trabalhos. “A Alainee manifesta a importância de conhecer a metodologia a ser empregada para a redução da tarifa, analisando as cadeias de produção efetiva e seus impactos aos setores industriais dos Estados integrantes do Mercosul”, afirma o documento.

Fonte: Assessoria de Imprensa da Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica – Abinee


139 queries in 2,668 seconds